Últimos artigos

Quem somos

Em 1958, um homem admirável, um idealista dinâmico, abriu para o público as portas de seu lar, situado à Rua República Argentina, n.º 4361, no bairro Novo Mundo, em Curitiba/PR, para que ali se desenvolvessem trabalhos espíritas. Este querido irmão a quem nos referimos, chamava-se Brígido Batista dos Santos, que movido pelo amor ao próximo, dedicou sua vida inteiramente à Doutrina Espírita, dando tudo de si para amparar e proteger a causa Espírita.

Em janeiro de 1959, transferiram-se os trabalhos espíritas de sua residência, para a estrada do Umbará, n.º 130, Capão Raso, recebendo então, a denominação de “Grupo Espírita À Caminho da Luz”.

Em fevereiro de 1959, conforme consta na Ata nº 01, foi realizada a primeira reunião da Diretoria provisória, que era assim constituída:
Presidente: Brígido Batista dos Santos
Vice-Presidente: Helevy Gogola
1º Tesoureiro: Rodolfo Kreube
2º Tesoureiro: Luiz Padilha
Secretário: Imbraim Duarte
Em abril de 1959, de “Grupo Espírita À Caminho da Luz”, passou a denominar-se “Centro Espírita Fraternidade”, pelo motivo de exceder o número de 60 sócios contribuintes.

Em 03 de maio de 1959, foi eleita a primeira Diretoria Executiva do Centro, permanecendo os membros da Diretoria provisória, acima citados.

Em junho de 1959, tomou posse a Diretoria e, naquela oportunidade, estiveram representadas as seguintes Casas: Caminho da Felicidade, Luz da Verdade, Leocádio Correia, Luz do Caminho, Luz do Céu, Luz Eterna, Boa Vontade, Capa dos Pobres, Missionários da Luz, Federação Espírita do Paraná, Os Caminheiros do Bem, Deus é Luz, Jesus de Nazaré, Bezerra de Menezes, Francisco de Assis, Seara do Bem, O Caminho da Fé, Antônio de Pádua, O Caminho do Progresso e Filhos da Verdade. Como convidados especiais, o Prefeito Iberê de Matos e o Vereador João Gasparin.
Em 14 de setembro de 1959, foi criada a Escolinha Espírita Fraternidade, tendo como diretor Imbraim Duarte.
Em 04 de outubro de 1959, foi fundado este Centro, mas a publicação no diário Oficial da União ocorreu somente em 13 de abril de 1969.

Em 05 de outubro de 1959, filiou-se à Federação Espírita do Paraná.

Em 02 de dezembro de 1962, o Centro Espírita Fraternidade, passou a funcionar, provisoriamente, na União Espírita Caminheiros do Bem, cedido gentilmente pelo seu Presidente, nos horários em que não houvesse trabalhos no Centro.

Em 15 de maio de 1963, foi adquirido um terreno na Vila Gusso e construída uma meia água, pelos membros do Centro, mas por motivos financeiros, o terreno foi vendido.

Em 17 de fevereiro de 1966, foi cedido o terreno à rua Adalberto Scherer nº 05, Vila Kwazinski, pela Federação Espírita do Paraná, para dar início à nova sede. Em 04 de junho de 1968, foi inaugurada a nova sede, em uma casa de madeira, para os trabalhos, definitivamente, com palestra proferida pelo Dr. Alexandre Sech.Em 13 de abril de 1969, foi criada a Mocidade Espírita Caminho de Damasco, sendo o seu primeiro Diretor Algacir Cavalcanti. Atualmente, Mocidade Espírita Fraternidade.Em 30 de dezembro de 1973, desencarnou o primeiro Presidente do Centro, Brígido Batista dos Santos, que à época trabalhava como Diretor da Escolinha Espírita Francisco Spinelli.Em setembro de 1984, foi concluída e aprovada a planta da nova sede de alvenaria, com 139m², estando na presidência do Centro, Carlos Augusto Parchen. Em 24 de fevereiro de 1985, foi concluída e inaugurada a sede de alvenaria, tendo como presidente Eidimir de Almeida Correia.

Vários anos se passaram, e graças a Providência Divina, a Casa foi vendo seus frequentadores e trabalhadores aumentarem. Em 1998 a Diretoria do SEF (à época o Fraternidade chamava-se Sociedade Espírita Fraternidade), tendo como presidente Otto Wandratsch, observou a necessidade de se ampliar os espaços principalmente dos trabalhos abertos ao público, onde havia uma grande afluência de participantes. Isto posto, após vários estudos e considerações, no ano de 2000 dá-se por iniciada a campanha pró-construção, com o objetivo de arrecadar fundos para o projeto de erguer um novo salão para acolhimento aos irmãos. Com a planta arquitetônica aprovada, inicia-se em 2002 a construção do novo salão.

CEEF-PR Sede 1

CEEF-PR Sede 2

Finalmente, em 25 de Abril de 2005, na Gestão do Presidente Moysés de Matos, inaugura-se o novo salão, com uma maior capacidade e condições de receber os numerosos irmãos, para assim dar continuidade à seara de amor e caridade.